"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

21 de mai de 2010

Batalha em Santa Laura


O Flamengo enfrentou uma guerra nesta quinta-feira no Chile.
O acanhado estádio Santa Laura é um verdadeiro caldeirão, a torcida fica a cinco passos do gramado e a pressão é muito grande passando até a impressão de que o estádio não tem a segurança necessária para uma partida como esta.
O Flamengo enfrentou de tudo, moedadas, pedradas, Love ainda foi atingido por uma bola de golf. Esta na hora da CONMEBOL tomar uma atitude mais firme em relação a isso.
Dentro de Campo a raça prometida pela equipe carioca foi vista. o Império do Amor funcionou, Love e Adriano marcaram, o Flamengo venceu o jogo por 2x1 mas não levou.
Não levou porque foi mal demais no jogo de ida no Maracanã, um pouco da raça que demonstrou hoje no primeiro jogo e o Flamengo seria semi-finalista da Libertadores.


O Universidad do Chile é bom time, organizado taticamente e será finalista contra São Paulo ou Internacional, esse é meu palpite.
Destaque para o camisa 10 da equipe Walter Montillo(foto). Ótimo jogador, tem boa visão de jogo, bom passe e muita habilidade com a redonda nos pés, foi o autor do gol do Universidad no jogo, um GOLAÇO, gol de craque ! Candidato a craque da Libertadores 2010.

O Flamengo sai de cabeça erguida com a certeza de que perdeu a vaga no Maracanã.

Um comentário:

Rodrigo Gutuzo disse...

Olá Luciano. Bom blog. Gostei. Vou passar mais vezes por aqui.

Concordo. Montillo tem tudo para ser o craque da Libertadores. E pode conduzir seu time em um momento histórico. La U é, ao meu ver, o time que apresenta melhor futebol até aqui. Joga de maneira inteligente. Usa o regulamento. E em Libertadores, isso faz a diferença.

abraço