"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

14 de jun de 2010

a bola não para

Peço desculpas a todos que acompanham o blog, os jogos tem sido em horários malucos aqui no Japão e fiquei sem tempo de escrever nos últimos dias.


4 minutos de jogo e 1x0 no placar, parecia que a Inglaterra iria golear, sobre o comando do astro Steven Gerrard o English Team comandava as ações até que veio o lance fatal que decidiria a partida, chute despretencioso de Clint Dempsey e o goleiro inglês Green aceita, falha incrível. Final 1x1 no placar e goleiro crucificado na terra da rainha, o tabloide 'Daily Express' pegou pesado com arqueiro inglês e disse que o 'palhaço' não será mais titular no gol da Inglaterra.


90 minutos, foi tudo que a Alemanha precisou para passar de desacreditada a favorita ao título.
Ballack ?! Quem precisa de Ballack ?!
Goleada de 4x0, bom futebol(disparada a melhor estréia até aqui) e alerta geral para todo mundo, a sempre poderosa Alemanha mostrou que vem firme para brigar pelo tetra, se só com o peso da camisa e tradição já era perigosa, imagina jogando bem.
PS: Muito bonita a camisa da seleção alemã, o detalhe das três estrelas com os anos das conquistas dos mundiais dentro ficou demais.

Não consegui acompanhar os outros jogos inteiros, acompanhei meia hora do jogo entre Argélia x Eslovênia e nenhuma das duas seleções conseguia trocar dois passes, e o que foi o pênalti de Kuzmanovic no jogo entre Sérvia x Gana ?! melhor deixar pra lá...


Hoje tem a estréia da Holanda, estou muito ansioso para ver Sneijder e cia em ação, imperdível !

Nenhum comentário: