"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

29 de jul de 2010

Vantagem colorada


28 de Julho de 2010, Rio Grande do Sul, Beira-Rio, primeiro jogo da semi-final da Libertadores da América, Internacional x São Paulo.

Esqueceram de avisar o time paulista, que não entrou em campo hoje.

Jogo abaixo do esperado por esse blogueiro e vitória merecida do Inter. Vitória do time que jogou como o time grande.
Apesar do placar magro de 1x0 o que vimos hoje foi um jogo de ataque contra defesa, mais um envolvendo o time do Morumbi, em determinado momento do jogo a posse de bola era de 69% do Colorado contra 31% do Tricolor.
Com uma postura de time pequeno e não de quem já conquistou a América e o Mundo três vezes o São Paulo saiu de campo sem sequer chutar a gol, respeito ao adversário é uma coisa, abdicar do ataque e se "apequenar" é outra bem diferente.
A equipe são paulina não fez nada além de mandar a bola pra longe do jeito que ela vinha, não tinha uma proposta de contra ataque, não trocava dois passes no campo do adversário, enfim, não viu a bola e só não saiu de campo eliminado já na primeira partida por pura falta de criatividade e competência do time gaúcho e porque Rogério Ceni, Miranda e Alex Silva ainda se lembram que camisa vestem.
Uma postura que em nada combina com a história e a mística Tricolor na competição continental.

Jogando assim, contra o Internacional em um Beira-Rio lotado, o gol era questão de tempo...

...e você arrisca um palpite de quem faria o gol da vitória colorada ?


Sempre ele, Giuliano(foto) que estrela tem o garoto, fez o gol da classificação contra o Estudiantes e hoje saiu do banco para mais uma vez fazer a diferença.

Vitória magra, 1x0, mas se levarmos em consideração o regulamento a vitória magra fica obesa. O Internacional pode agora empatar ou até perder por um gol de diferença desde que marque gol, 2x1, 3x2 etc para ficar com a vaga.


Já o São Paulo sai vivo, mas tem uma semana para buscar o que se perdeu nessa paralisação para Copa e voltar a jogar como o time grande que é se quiser disputar sua sétima final de Libertadores.

Um comentário:

Cleber Soares disse...

E ai Luciano, blz.
Eu naõ espera um grande jogo, mas o tricolor ficou devendo, a proposta do tricolor ficou bem clara já no início, se defender e só sair na boa, muito pouco para um time com o elenco que tem. Já o Inter fez sua parte, agora é esperar o segundo jogo, aindsa não tem nada definido.

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com