"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

5 de jul de 2010

Em boas mãos


Holanda, Uruguai, Espanha e Alemanha, uma dessas seleções será a nova dona do mundo no dia 11 de Julho e qualquer que seja a seleção campeã, o mundo estará em boas mãos.
Nos casos de Holanda e Espanha seria a premiação pelo futebol arte, bem jogado, ofensivo e de muito toque de bola, seleções que na Copa souberam aliar tudo isso a uma pequena dose de pragmatismo que as tornaram ainda mais fortes. Duas escolas bem parecidas e que tem praticado o melhor futebol do mundo nos últimos anos.
Dos quatro sul-americanos que chegaram as quartas-de-final apenas a Celeste foi adiante, depois de quase  meio século esquecido o Uruguai está denovo entre as melhores seleções do mundo. Um título uruguaio significaria premiar a raça, a determinação de jogadores que vivem a seleção com um comprometimento pouco visto hoje em dia.
Mas no caminho dos três está a tradicionalíssima, perigosíssima e todos os outros "íssimas" que você puder pensar, a Alemanha, que chegou desacreditada e está jogando o melhor futebol da Copa.
É realmente demais ver esse time jogar, uma mescla perfeita de juventude e experiência que conta com jogadores vivendo seu auge como o camisa 7 Schweinsteiger.


Amsterdam, Montevidéu, Madri ou Berlim ? Para onde vai o troféu mais cobiçado do futebol mundial ?

Nenhum comentário: