"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

2 de ago de 2010

Equilíbrio = Qualidade ?

Rodada de muitos clássicos e muitos empates.
Sinal de equilíbrio ? Sem dúvida. Sinal de qualidade ? Nem sempre.
Grandes clubes do futebol brasileiro estiveram frente a frente hoje mas não vimos nenhum grande jogo.

Não concordo com a opinião de muitos boleiros de que o Brasileirão é equilibrado "por baixo".  Apesar de não fazerem frente às principais potências do futebol europeu muitos dos times brasileiros chegariam pelo menos no G-4 de qualquer liga pelo mundo.
Mas de uns tempos para cá a qualidade técnica dos jogos tem sido sofrível. Eu particularmente, com exceção do Santos, não tenho vontade nem prazer de ver nenhum time brasileiro jogar. E eu não sou santista.

Clássico, o nome já diz tudo. Deveria ser o grande jogo, o melhor. O jogo de lances incríveis, de um futebol de primeira qualidade. O jogo que todo jogador espera ansiosamente para entrar em campo e mostrar todo o seu futebol.
Mas no últimos tempos clássico tem sido sinônimo de... de...  de nada. Ou melhor, de tudo, menos bom futebol. Correria, muitas faltas e polêmicas por conta da arbitragem foram os principais ingredientes dos clássicos dessa rodada.

Muitos fatores contribuem para a queda da qualidade técnica do futebol brasileiro, fatores que todos estão cansados de saber e discutir. Continuamos sendo um celeiro de craques, revelamos talentos todos os anos, mas com a mesma rapidez que eles aparecem também desaparecem, rumo aos milhões de euros com os quais o Brasil não tem como competir, vide Santos, depois de seis meses encantando os torcedores brasileiros o desmanche jé é iminente, Robinho e André se despedem quarta-feira, Ganso e Neymar é questão de tempo, pouco tempo.

A volta de muitos jogadores de nome nos últimos anos não chega a ser um alento, pelo menos não para mim, sendo que estes voltam apenas para "recuperar" o futebol ou o espaço perdido na seleção para depois partir novamente.

Fato é que os grandes jogadores brasileiros vivem seu auge nos gramados do exterior, brindam os gringos com o espetáculo que deveria ser nosso.

5 comentários:

Cleber Soares disse...

E ai Luciano, blz.
Nesse domingo cheio de clássicos tivemos muita emoção, vontade, grandes defesas mas pouca qualidade técnica, os goleiros foram muito bem, ms os atacantes.........
Infelizmente temos que conviver e aceitar que nossos craques dão os seus espetaculos em gramados estrangeiros, não temos dinheiro para segurara-los em terras tupiniquins..

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogsport.com

Claudio Henrique disse...

Achei os jogos muito bons, com muitos bons lances, mas poucos gols. Fiquei decepcionado com isso e espero mais gols no segundo turno.

Abraços!

Gabriel Campi disse...

É amigo Luciano, sobrou equilíbrio e faltou os gols. Esperamos também mais qualidade daqui para frente.

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Luiz Fernando VÉTERE disse...

Olá meu amigo.

Belo blog, tb gostei das abordagens e do layout. Estarei sempre por aqui mandando ver nas minhas B.R.O.N.C.AS.!

Saudações!!!

Futebol ao Cubo disse...

Fala, cara!

Palmeiras x Corinthians foi bom até, mas Flamengo x Vasco foi sofrível. E pelo pouco que vi de Inter x Grêmio, foi igualmente sofrível.

Particularmente odeio rodada de clássicos. A emissora fofinha marca clássicos brasileiros pro mesmo horário. Não é possível que eles achem que apenas torcedores de Inter e Grêmio assistirão ao jogo. Aí depois, no fim do ano, vão reclamar de falta de audiência, dizer que tem que voltar mata-mata... Eles matam a própria audiência com essa rodada ridícula.


Abraços!