"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

26 de out de 2010

Grand Prix de Futsal

Graças ao PFC internacional, pude acompanhar o jogão entre Brasil x Espanha pela final do Grand Prix de futsal.

Jogo sensacional, digno do que hoje são as duas melhores seleções de futsal do mundo.
Infelizmente a Espanha consagrou o ano espetacular do futebol nacional vencendo em pleno ginásio Newton de Faria, acabando com a hegemonia brasileira no Grand Prix.

Mas ao fim da partida, ficou a sensação de que o Brasil perdeu para a própria ansiedade e nervosismo, o time brasileiro cometeu erros bobos no primeiro tempo e pagou caro por isso.

O futsal espanhol continua espetacular, o mundial que se aproxima promete muito.

Mas para não dizer que os brasileiros não fizeram festa, ao menos um pode comemorar bastante. O brasileiro, naturalizado espanhol, conhecido como alemão (joga demais) pode fazer a festa "em casa".

3 comentários:

Cleber Soares disse...

E ai Luciano, blz.
concordo com sua analise sobre o jogo, faltou um pouco mais de calma, mas em jogos desse porte é normal a vitória sair em pequenos detalhes, agora é se refazer no mundial.

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com

Claudio Henrique disse...

E aí Luciano, blz cara.

São realmente duas grandes seleções. As melhores do mundo no futsal. Uma pena que eu não pude ver o jogo. Não estava em casa na hora do jogo.

Abraços!

Í.ta** disse...

eu achei impecável a atuação espanhola. soube se defender como poucos, e perigosíssima quando partia pra cima. a defesa que fizeram para parar o goleiro linha do brasil foi perfeita. digna de aplausos mesmo a atuação deles.

abraços.