"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

4 de nov de 2010

O diferencial

O futebol é muito dinâmico, sofre mudanças e adaptações com o passar do tempo em escala mundial. Muda-se a forma de se ver e jogar futebol, muitas são as variáveis, mas talvez a maior delas seja as características dos jogadores que vão surgindo.

Estamos regressando aos tempos do camisa 10, podemos, apenas lendo a escalação dos times, apontar e dizer com a mais absoluta certeza, "esse é o craque".
Conca, Montillo, D'Alessandro, Bruno César, Ganso, Sneijder, Özil, Xavi, Fàbregas,Van der Vaart, Krasić...
...meias clássicos, craques que precisam de apenas uma oportunidade, um descuido da marcação adversária para fazer a diferença.

Os craques do Brasileirão
Porém, como já discorri em um post anterior, com a volta dos maestros, os treinadores são praticamente obrigados a modificar o esquema e a forma de jogar das equipes, para que os times joguem de uma forma que favoreça a distribuição de jogo desses craques. Contudo, não foi apenas a parte ofensiva das equipes que sofreu mudanças, a marcação no meio tem sido implacável.

Montillo sendo marcado de perto pelo adversário
É comum vermos os treinadores das equipes adversárias colocando marcação individual nesses jogadores, sombras que os acompanham durante os 90 minutos, exigindo muito mais movimentação por parte desses meias que nem sempre conseguem escapar, sem mencionar o aumento no desgaste físico.
Com o principal jogador de criação anulado, o desafogo costuma ser as subidas dos laterais. Times que contam com laterais que apoiam o ataque de forma eficiente, contam com uma arma poderosa para vencer seus adversários.
Mas assim como os meias tem o seu antídoto, também os laterais sofrem desse mal. No amistoso entre Brasil x Irã pudemos observar bem. O treinador da seleção iraniana, ao perceber os ataques de Daniel Alves pela direita e André Santos pela esquerda, posicionou dois pontas bem abertos pelos lados para impedir os avanços dos laterais brasileiros e aproveitar os espaços deixados por eles ao irem ao ataque.

Mas então como fazer a bola chegar aos atacantes se o meia de criação está muito bem marcado e as jogadas pelos flancos neutralizadas ? É aí que entram os volantes.
Ao meu ver são o diferencial dos times hoje. Times que contam com volantes que não apenas marcam, mas que também tem boa visão de jogo, boa qualidade na saída de bola e que aparecem bem como elemento surpresa no ataque, certamente estão em vantagem.

Khedira e Özil
Os times que praticam o melhor futebol do mundo hoje contam com volantes de muita qualidade técnica. Xabi Alonso e Khedira(Real Madrid), Iniesta e Sergio Busquets(Barcelona), Fletcher(Manchester United), Ramires e Lampard(Chelsea), Hernanes(Lazio), Denilson, Fábregas, Diaby(Arsenal)...
Assim também foi na Copa do Mundo. Schweinsteiger e Khedira na Alemanha, Van Bommel, que fez uma bela Copa como segundo volante na Holanda, Sergio Busquets e Iniesta que hora é meia hora volante na campeã Espanha, só para citar alguns.

Ramires em ação na Copa da África
O mesmo serve para a seleção de Mano Menezes, que conta com Lucas e Ramires na função.

E se você não acompanha futebol internacional, também é possivel observar no Brasileirão. Diguinho, que acrescenta uma dinâmica diferente ao meio campo do líder Fluminense, Elias, melhor volante em atividade no Brasil que aparece muito bem no ataque, Henrique, Fabrício e Marquinhos Paraná que formam o meio de campo mais equilibrado ao meu ver no futebol brasileiro pelo Cruzeiro, apenas para citar os lideres da competição.

Elias - O volante artilheiro do Corinthians
Fato é que com a boa marcação sob os meias e os laterais, muitas vezes os volantes são os responsáveis por ditar o ritmo do time em campo, sem mencionar a responsabilidade em um fundamento importantíssimo no jogo que é a saída de bola, onde um erro pode custar muito caro.

A posição que antes não era bem vista por ter como único objetivo a destruição de jogadas, hoje se tornou protagonista no mundo do futebol, ao menos para aqueles que almejam o sucesso e as vitórias.

13 comentários:

Kleverson Morais disse...

Sei muito pouco sobre futebol e tão pouco sou um grande telespectador do esporte, logo, não há muito o que comentar além do texto ser muito bem escrito.

Érico Pena disse...

DE OLHO NO LANCE! Por falar em olho, dê uma passada no www.blog-do-pena.blogpot.com e veja o q um ser humano é capaz de fazer com seu próprio olho hehehe

Yanka Vaz disse...

Não acompanho muito o futebol internacional não, mais pelo que pude ver na copa é de ótima qualidade (com tantos brasileiroa jogando lá né).
E se o Mano for esperto ele tem que aproveitar Ramires criar uma boa marcação sob os meias e os laterais do time adversário pro Brasil ganhar nesses amistosos.

Seu blog é ótimo!
Não entendo muito de futebol mais tentei dar minha opnião. rs
http://yankavaz.blogspot.com/

Walder Neto disse...

E viva ao futebol arte.

Seguuindo, se puder retribuir...

;)

urso disse...

flenctcher e denilson como exmplo é dose pra elefante

Nicelle Almeida disse...

Muito bom o seu texto e informativo demais! Adorei suas idéias e concordo que no futebol mundial há um celeiro de talentos, realmente de bons jogadores e consequentemente, de boas jogadas. Os grandes talentos e destaques são marcados constantemente nos jogos e muitas vezes, até de uma forma bem brutal.
Um forte abraço, meu caro.
Me visita tb =)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Giovani Mattiollo disse...

muito bom esse post heim

Jonas é o artilheiro do Brasileirão heim

vlw
abraço
http://www.gremista-sangueazul.blogspot.com/

William disse...

O grande craque do campeonato brasileiro é Dario Conca.
Carregar o Fluminense nas costas, com aquele ataque ridículo (Washington e rodriguinho) e o Flu se mantém firme na liderança.
Não resta dúvida alguma: Conca.
O Fluminense completo, com Conca, Deco, Fred e Emerson, é implacável!

Abraço

www.tocadowilliam.com

Robson Valente disse...

Muito boa postagem, concordo com você, gostei do blog estou seguindo, você sabe o que fala.

abraço

http://transpondomuralhas.blogspot.com/

MikaelMoraes disse...

kra, a primeira vez q vi um post descente e consciente sobre futebol. já li muita porcaria em blog q se diz entendido a fazer pseudos-análises desse esporte.

apenas faltou dizer q além dos meias armadores, q ao serem anulados por bons volantes, há times que jogam com meias ofensivos ou pela direita ou pela esquerda, q nesse caso ficam responsáveis pela ligação def-ata qdo o homem principal da criação encontra-se impossibilitado ou indisposto rssss

gosta de futebol, visita o nosso blog e veja os vídeos q fazemos de um jogadorzinho q ainda irá dar mto o q falar

gostando comente e siga, avisando, q faremos o msm

http://mikaelmoraes.blogspot.com/2010/10/serie-jogadores-altos-e-habilidosos.html

Bento Qasual disse...

é a dinamica do futebol, todos correndo por todos.
Porém as coisas poderiam ser muito mais faceis se os jogadores fossem insentivados a criação desde as categorias de base.
O treinamento de fundamentos basicos também seriam de grande ajuda, afinal, assistindo alguns jogos vemos que alguns jogadores nem isso sabem fazer...

Nicelle Almeida disse...

Olá, meu caro!
Parabéns pelo blog, seu espaço é mto bom =)
Sobre o post, já comentei mais acima ;)
Forte abraço.
Me visita tb, tem post novo!!!!
www.nicellealmeida.blogspot.com

Mayeda disse...

Para quem não nasceu no meio do futebol, vc tá mandando bem!!!! já pensou em amadurecer na lateral do campo???? (treinador rsrs)...