"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

20 de nov de 2010

Naturalização, certo ou errado ?


Tema que causa ligeira polêmica entre os boleiros de plantão, muitos acham um absurdo até mesmo uma traição, outros vêem com bons olhos, tantos outros são indiferentes e há ainda aqueles que não entendem como um jogador consegue ir contra as suas origens, fato é que já virou uma constante no futebol vermos nossos compatriotas defendendo as cores de outras nações.

Particularmente não tenho nada contra, pelo contrário, tudo a favor. A naturalização pode ser um caminho para jogadores que sonham, por exemplo, disputar uma Copa do Mundo mas que jamais teriam espaço na seleção de seu país. Caso de Túlio Tanaka, zagueiro que é um líder na seleção japonesa mas que não tem bola para vestir a amarelinha.

Dispensa apresentações

Outro caso, que ao meu ver a naturalização deveria ser considerada, são dos jogadores que são levados para o exterior ainda nas categorias de base e consequentemente crescem em escolas do futebol mundial completamente distintas em relação ao seu país de origem. Alguém tem alguma dúvida de que Messi, que cresceu no Barcelona, renderia muito mais na seleção espanhola jogando ao lado de Iniesta, Xavi e cia do que rende na seleção da Argentina ?

Conca - Craque do Brasileirão 2010

O maior problema da naturalização é que nós não fazemos uso dela, constantemente temos "gringos" disputando o prêmio de "Craque do Brasileirão" e continuamos apenas perdendo nossos valores para outras seleções sem usar do mesmo artifício.[Arrogância brasileira ? Sim, quando o assunto é futebol somos mestres nesse quesito. Nós sempre perdemos, o adversário nunca nos vence]
Por acaso alguém discorda que Conca tem espaço da seleção brasileira ? Onde o maior problema tem sido, por conta da lesão de Ganso, a criação, justamente a especialidade do argentino. Deco e Cacau não teriam espaço na mágica seleção montada por Dunga para ir a África ?

Pepe - Deco - Liedson - Brasileiros que disputaram a última Copa do Mundo pela seleção de Portugal

Não estou defendendo que todos comecem a "trocar" de país, mas há casos em que a naturalização é uma opção válida e acabaria com expressões do tipo "Não rende na seleção o que rende no clube" que rondam a vida de tantos craques pelo mundo. Enfim, tal prática poderia ser muito benéfica ao espetáculo.

E você, o que acha da naturalização ?

8 comentários:

Giovani Mattiollo disse...

Olha, esse é um assunto que terá cocnerteza muitas opiniões diferentes, mas eu acho errado, pois você tem que honrar o país onde você nasceu.
Por exemplo, Amauri e Deco são grandes jogadores e fariam grande diferença na seleção brasileira.
Por outro lado, não ganham espaço aqui no Brasil e só lhes restam fazer isso, ai pode ser correto.

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

Nivaldo Gomes Filho disse...

eu acho errado


vejamos nao mim chama pra seleção mas chama um cara que nao nasceu no pais é brincadeira uma coisa dessa ne eu nao iria nunca mas lnela e tem ams quando mim chamasse eu nao riria e ainda falria o por que.



cada um que represente seu pais suas origem.

Anônimo disse...

ALGUEM APERTA A TECLA SAP POR FAVOR...

Gabriela . disse...

Que exagero ! Eu não entendo de futebol mas você consegue me fazer entender . Isso é realmente incrível ! Hahaha !
O pouco que eu sei é graças à você e sua paciência para me explicar esse mundo tão complexo .
Eu realmente criei um monstro que escreve e me mostra a cada dia que esse blog não foi um erro .

O texto tá ótimo como sempre .

Beijoca, vidohta !

Liz. disse...

Não sei o que opinar porque não entendo nada de futebol mas acho sim que existem bons jogadores lá fora que jogariam horrores aqui no Brasil mas não tem oportunidade. ér. ;x

projetonulladiessinelinea disse...

Luciano,
até ler seu texto eu não tinha opinião sobre o assunto...
Bom, acho que, se um jogador ganha uma boa oportunidade fora do país onde nasceu, tem todo o direito de buscar sua naturalização!! ;) Não vejo nada errado nisso.

Brad Pághanni disse...

É cara, eu acho indiferente. Pra mim tanto taz como tanto fez.

observador disse...

Sou contra a naturalização que acontece no futebol, acho que é preciso evitar cada vez mais que países endinheirados busquem grandes talentos para suas seleções em outros terreiros. Não vejo problema de Messi, por exemplo jogar no Barça, mas que ele só poderia jogar pela Argentina, isso é um fato, afinal o mesmo nasceu na Argentina. Ainda acredito na máxima: "Craque, a gente faz em casa". E muitas seleções já mostram que vem aprednedo esta lição importante para o futebol mundial.