"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

12 de jan de 2011

Prêmio ao jogo coletivo

 
A final em sí já era um reconhecimento e até mesmo uma constatação de que o Barcelona é hoje o time que pratica o melhor futebol no mundo. Um futebol que encanta não pelos lances geniais de um grande craque, mas sim por um jogo coletivo absolutamente perfeito.

Como qualquer conceito no futebol, o de espetáculo e jogo bonito também pode ser visto de diversos ângulos.
Para muitos, "jogo bonito" são aqueles lances de rara habilidade individual, que ainda que não terminem em gol ou vitória, são sufucientes para que o torcedor fique satisfeito.
Mas há aqueles, principalmente pelos lados da Catalunha, que apreciam o futebol de toque de bola, que envolve o adversário, encurrala no campo de defesa e não permite que sequer vejam a "cor da bola".

Messi é sem dúvida diferenciado, mas ao ver o Barcelona em ação hoje, não há como apontar Messi como o principal jogador do time. Não apenas por Xavi e Iniesta, mas como não citar o Puyol e Piqué, melhor dupla de zaga da atualidade, Pedro, incansável no apoio ao ataque e no combate no meio de campo, Daniel Alves, atual melhor lateral direito do mundo, Busquets, a segurança defensiva do time, Villa e seu faro de gol ?

Essa é a diferença fundamental desta premiação em relação aos últimos anos, quando o jogador agraciado com o título de melhor do mundo era praticamente "dono" do time(Com exceção da premiação tosca de 2006 quando Fabio Cannavaro recebeu o prêmio). Cristiano Ronaldo(Manchester United - 2008), Kaká(Milan - 2007), Ronaldinho Gaúcho(Barcelona - 2004 / 2005).


 
Messi é apenas mais uma engrenagem de uma máquina de jogar futebol chamada Barcelona, como todo gênio tem seus momentos de protagonista, mas no fundo, cada gomo desta bola dourada é de um dos comandados de Pep Guardiola.

5 comentários:

William disse...

Premio mais do que merecido ao argentino Messi.
Olha, se bobear, ele vence por vários anos seguidos. É esperar para ver.
Abraço

Í.ta** disse...

eu concordo com (acho que foi o calazans) que disse: messi não foi o melhor da copa? azar da copa.

e tu chegasse a ver as críticas do pessoal da espn aos critérios atuais para a escolha do melhor do mundo?

por que toda confederação ao invés de evoluir regride?

abraços!

Giovani Mattiollo disse...

MUITO BOM TÍTULO! Para mim, quem devia levar o troféu er ao time do Barcelona!

hehehe, ABRAÇO

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

Central do Pitaco disse...

Messi está acabando com tudo no Barcelona, merece todos os méritos, ontem contra o Bétis foi a mesma coisa, esse time do Barcelona merece ser homenageado SEMPRE!

Abs,

Central do Pitaco

Cleber Soares disse...

E ai Luciano, blz.
acabou as férias, rsrsrsrs.
Messi mereceu o premio, atualmente é o cara, rsrsrssrs, pena que é argentino.....

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com