"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

4 de abr de 2011

Inúteis, a gente somos inúteis

Assistindo a rodada dos estaduais não pude deixar de pensar(de novo); "O calendário do futebol brasileiro precisa ser revisto, pra ontem". O que não é novidade pra ninguém, todos sabem do óbvio, menos os que tem o poder para fazer tal revisão.

O primeiro semestre do futebol brasileiro está um marasmo. Durante seis meses esperamos as quartas-feiras e não os domingos para ver "futebol de verdade". Passamos os fins de semana vendo e debatendo jogos absolutamente inúteis, inclusive clássicos, como o deste domingo entre Santos x Palmeiras que, a nível de campeonato, valia nada x nada.

Salvo os nordestinos, os estaduais servem apenas para inchar o calendário, e derrubar técnicos, claro.  

Desprestigiados, desvalorizados, alguns pelas próprias federações, desorganizados, enfim, um desperdício de tempo. Desnecessários.

O mais louco, é que ninguém faz questão de vencer, mas ninguém suporta perder.

E assim caminha o futebol brasileiro, espremendo a competição que mais interessa no segundo semestre e desperdiçando 5 meses com competições que só existem aqui e já não tem o mesmo apelo público de outrora.

Estaduais, federações, CBF, CONMEBOL... tem que amar muito futebol por aqui amigo.

Aliás, não sejamos injustos. Os estaduais não são completamente inúteis, eles atrapalham o calendário, e entediam os torcedores.

6 comentários:

João Pedro Pedroso disse...

Realmente o Calendário existente hoje, está uam bagunça..

Parceria??
http://soberano1935.blogspot.com/

http://soberanoforum.forumeiro.net/

Í.ta** disse...

parece-me que esses jogos inúteis servem para o mesmo pra mim. não paro de pensar na inutilidade desse calendário. estadual, por exemplo, jamais pode ocupar três meses (se é que deve existir). mas pô, um time ter chance de se recuperar em estadual é o fim do mundo do atraso! tá difícil desse jeito... e uma copa do brasil sem os "melhores" que estão na liberta. também não dá! a confederação desvaloriza o próprio campeonato.

abração

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

É um tédio só meu amigo. E este tal de mês de Maio, que não chega nunca trazendo o bom e velho Brasileirão?

A verdade é que não precisamos copiar a Europa. Bastam 60 dias de estaduais, um pouco mais de tempo pra pré-temporada e mais dataspra principal competição do país, mas... cade vontade política e interesse de mexer nisso?

Melhor foi a parte "ngm faz questão de ganhar, mas ngm suporta perder". Excelente!

Saudações!!!

Diego Campos disse...

Cara,

Esse negócio de estadual está incrustado na cultura futbolística brasileira. Acho muito difícil os caras abrirem mão deles. Já divide opinião sobre acabar ou não com eles, hoje também acho que não servem para nada a não ser para chatear o torcedor e apertar o calendário. Como você colocou bem, a gente passa final de semana vendo jogos horríveis e espera quarta-feira pra melhorar. Acho que pelo menos deveriam inverter isso e também tem o lance do horário dos jogos. Acompanho futebol de vários países, até campeonatos bizarros e é só aqui que existe jogo 10:00 horas da noite, sendo que eles acabam 00:00 e o cara, o torcedor precisa acordar cedo para ir trabalhar. Jogo 4 horas da tarde em um país tropical, fora o horário de verão.

http://diegollcampos.blogspot.com/

Andy A. disse...

não sou muito de esportes , mas como gremista acompanho um pouco e com certeza o calendario é péssimo parece que só vale a pena acompanhar depois do mes de maio..
ja estou seguindo
siga o meu
http://andyantunes.blogspot.com/

Cleber Soares disse...

Luciano,
não sou a favor do fim dos estaduais, mas sim de sua restruturação, mais dinâmico, mais rapido... é um absurdo termos 16 times no RJ, 20 em SP.... menos times e formulas mais rapidas essa é a saída.

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com