"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

5 de mai de 2011

Explicando o inexplicável

A razão de o futebol ser o esporte mais apaixonante e popular do mundo é simples; Não há explicação, pelo menos não uma explicação exata, para noites como a de ontem.

Pensando bem, há sim, o problema é que há muitas explicações. Centenas, milhares, milhões de explicações diferentes na cabeça de cada "entendido" no assunto. A questão é que nenhuma delas é reconhecida oficialmente como "A" explicação. Não é algo que se tenha uma resposta incontestável como 2+2=4.

[Tá legal, esses dois primeiros parágrafos ficaram confusos, mas não vou apagá-los. É só uma questão de interpretação.]

Voltando para a complexidade, aqui estão as minhas explicações; mas antes de mais nada deixo claro que ao meu ver as supostas "surpresas" foram 3; só quem acreditava no Grêmio eram os gremistas, ainda assim, só os muito otimistas.

Tragédia, surpresa e resultado normal definem os outros três resultados, mas mudemos a ordem e deixemos a "tragédia" para o fim.

A surpresa da noite ficou por conta do time de guerreiros, que ao que parece esqueceram suas armas em casa; surpresa não pelo resultado em sí, ou não só por isso, mas pela postura.
O Fluminense entrou em campo[?] podendo perder por um gol de diferença, perdeu por três e deu adeus ao sonho. E aos desavisados de plantão, que insistem em não reconhecer os méritos alheios, é bom que saibam; o Fluminense não perdeu simplesmente, o bom time do Libertad venceu. Embora "orfão" de torcida, o Libertad é o maior campeão paraguaio da década, conta com ótima infraestrutura, muito melhor que a do próprio Fluminense[o que não é difícil para ninguém] e participa da sétima Libertadores seguida, sendo semi-finalista em 2006.
Em suma a explicação desta partida é simples; o Libertad jogou e se impôs, o Fluminense se "apequenou" e assistiu.

Resultado normal precisa de explicação ? O Internacional perdeu para um dos times mais tradicionais da América do Sul, que tem nada menos do que 5 títulos continentais. "Adormecido" nos últimos anos, cedo ou tarde o gigante acordaria, pior para os colorados.
O Internacional não  "perdeu em casa ", o Peñarol conseguiu boa vitória fora.

Aproveito e deixo a seguinte pergunta: Por que quando um clube brasileiro viaja para jogar fora e volta com os três pontos nós dizemos "Fulano conseguiu boa vitória fora" e quando os clubes de fora vencem os clubes brasileiros no Brasil dizemos "Fulano perdeu em casa" ? Arrogância brasileira ? O que nos dá o direito de nos acharmos tão superiores aos outros se nem ao menos somos os maiores campeões da competição ? [Argentina tem 22 títulos contra 14 do Brasil e 8 do Uruguai, e levando-se em consideração o tamanho do país, população e número de clubes, talvez o Brasil não seja nem o segundo]. O bom desempenho brasileiro nos últimos anos parece ter "subido na cabeça" de alguns.

Tragédia. Define bem a noite em Sete Lagoas. "Barcelona brasileiro" era como vinha sendo chamado o Cruzeiro versão 2011. Preciso dizer mais ?
Era simplesmente o duelo do melhor clube da primeira fase contra o pior, duelo do clube que apresentava o melhor futebol da América do Sul no primeiro semestre contra um time que sofreria na Série B do Campeonato Brasileiro. O problema é que o tal time era o Once Caldas, clube que "goleia por 1x0 ", e que parece ter sido criado com um único propósito; infernizar a vida dos clubes brasileiros.

Minha explicação ? Vou ficar devendo. Fatalidade de uma noite infeliz talvez. Mas nesse caso, esteja à vontade para dizer "O Cruzeiro perdeu ". A diferença para os demais casos ? Bom, marque mais dez jogos entre mineiros e colombianos e na pior das hipóteses teremos nove goleadas e uma vitória simples do time celeste.

Mas nem tudo é ruim como parece. A quinta-feira será irônicamente histórica. O dia em que gremistas e colorados terão que se dar as mãos, e não poderão tirar sarro da desgraça alheia.

5 comentários:

MikaelMoraes disse...

tem selo pro seu blog lá no nosso
passa lá e pega... parabéns :)
http://mikaelmoraes.blogspot.com

Giovani Mattiollo disse...

Que Quarta feira em! Internacional é normal dar vexame, agora esperava a classificação de Flu e principalmente o Cruzeiro... O Grêmio, nem vou comentar

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

MaKaCoW disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

O GreNal do século... só daqui uns 90 anos...rsrs

Ontem ficou provado que não basta vantagem, camisa e elnco pra ganhar Libertadores. De vez em quando é preciso jogar bola. Só de vez em quando!

Saudações!!!

Gol de Mão disse...

Os brasileiros tinha tudo para passar de fase, mas o comentário acima disso tudo. Faltou jogar bola!

Equipe Blog Gol de Mão
www.bloggoldemao.blogspot.com