"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

24 de jun de 2011

Agora quem dá bola é o Santos


Textos pós título costumam ser todos iguais, carregados de clichês. Salvo time e título, são idênticos em sua essência; louva-se o feito, exalta-se os méritos, esquece-se as falhas - o que é perfeitamente compreensível e aceitável.

Feita esta pequena observação - que foi apenas uma maneira pouco criativa em um momento de pouca inspiração para iniciar esse texto - entrarei exatamente nos mesmos aspectos citados acima.

O título santista faz bem ao futebol, impede o êxito de uma filosofia que só empobrece o jogo - raça, camisa e tradição são louváveis, mas não podem ser a base de sustentação de uma equipe - corrige uma injustiça - apenas mais uma entre tantas - de oito anos atrás, quando a geração de meninos da vila comandada por Robinho e Diego fracassou diante do letal Boca Juniors de Carlos Bianchi, além de nos brindar com a perspectiva de um duelo sensacional em dezembro.


Para a grande maioria o Santos entrava em campo para defender um título certo, apenas para confirmar o óbvio, ledo engano; e foi exatamente o pensamento contrário que fez o difícil ficar fácil. O Santos não transformou o Peñarol em franco atirador, não deu margem ao imponderável, encarou os uruguaios como iguais, compondo, e fazendo valer, o verdadeiro cenário óbvio: o abismo técnico que separa as duas equipes.

O Santos venceu fazendo uso de uma receita já conhecida: jogando no campo do adversário, com uma posse de bola acima de 60%, fazendo a bola correr e o adversário correr atrás. Venceu como quis e quando quis, sobrou na individualidade e no coletivo. Qualquer semelhança com um certo time catalão não é mera coincidência.

Tricampeão sulamericano. Incontestável. Inapelável. Indiscutível. Indubitável.

Agora meu amigo, quem dá bola é o Santos !

4 comentários:

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

Pelo bem do futebol mundial, deu Santos! Além de ser importantíssimo para o futebol brasileiro, nos reserva um provável grande duelo para o fim do ano contra o Barça de Messi & cia.

Saudações!!!

Giovani Mattiollo disse...

Merecido, parabéns ao Santos. Espero que mantenham os principais jogadores para o Mundial

Abraço

Mais uma novidade no Sangue Azul. 'Galera Gremista'.
http://www.gremista-sangueazul.com/2011/06/galera-gremista.html

Anônimo disse...

agora quem da bola é o Santos!
http://www.semprepeixe.com.br/agora_quem_da_bola_e_o_santos-videos_do_santos_f_c-ivipo-368609.htm

agora quem da bola é o santos disse...

"agora quem da bola é o santos" é muito mais do que um trecho do histórico hino do peixe... é realmente a comprovação de que temos o melhor e maior clube do brasil. que deu e sempre dará a orientação da bola no futebol nacional.