"Além dos sinais externos que denunciam - cabelos brancos, cabelo nenhum, rugas, barriga, essas indignidades - as gerações se reconhecem pelos jogadores de futebol que se têm na memória"

Luis Fernando Veríssimo

26 de abr de 2012

Em time que está ganhando...

Messi e Pep lamentam a derrota que pode decretar o fim da era Guardiola no comando do time catalão

Pep Guardiola é o melhor treinador do mundo, treina o melhor time da atualidade e um dos maiores da história, mas errou, e sua falha foi determinante para o resultado da partida.

"Em time que está ganhando não se mexe" certo? O erro de Pep foi esquecer que o seu time, mesmo quando perde, "ganha", e que dois resultados negativos não eram motivo - de forma nenhuma - para mudar o esquema tático de seu time para a partida mais importante da temporada.

O Barcelona entrou em campo em um 3-4-3  - absolutamente sem sentido - com os homens de meio campo em losango, e curiosamente perdeu o controle exatamente desse setor, onde seu futebol faz toda a diferença.

Como se não bastasse a mudança, Guardiola ainda distribuiu seus jogadores de maneira errada em campo, deixando Messi na ponta de cima do losango, a frente dos volantes e infiltrado no sistema defensivo adversário, facilitando a marcação e a diminuição dos espaços por parte dos marcadores, e não atrás como o prefere o craque, jogando com mais liberdade. Resultado: Messi não jogou e o Barcelona parou.

Messi posicionado a frente dos volantes do Barcelona e muito próximo da marcação adversária.
Mas a qualidade do time catalão é tão fantástica que ainda assim o placar necessário foi construido. 2x0 e a vaga na final estava garantida, não fosse a soberba catalã em avançar de maneira desnecessária um time que vencia por 2x0, em casa, com um jogador a mais.

E antes que me cornetem dizendo que estou tirando os méritos do Chelsea, faço questão de destacar todas as qualidades do time inglês.


O comentário que mais me chamou a atenção nesse dia pós partida foi: "Derrota do futebol". Uma besteira sem tamanho. Futebol é muito mais do que "jogo bonito". Futebol não é monotemático, tem muitas faces. Futebol é garra, é entrega, é determinação, é comprometimento. Em muitos momentos esses aspectos superam qualquer qualidade técnica, e nesses quesitos, os jogadores do Chelsea se agigantaram em campo. Drogba e Lampard, símbolos desse time se entregaram de maneira admirável. O Chelsea "suou sangue" e conseguiu uma classificação histórica.

Sem mencionar que: se isso aqui não é futebol...


...alguém por favor me explique do que se trata.

O Chelsea tem problemas para a disputa da final, meio time que eliminou o Barcelona está suspenso. Ramires, Ivanovic, Raul Meireles e Terry estão fora do jogo decisivo. Mas depois de eliminar o Barcelona com a autoridade de quem impôs sua proposta de jogo, você duvida que a taça do campeonato de clubes mais importante do mundo possa parar em Stamford Bridge esse ano?

Um comentário:

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

Eu não duvidode mais nada, depois da forma como o Chelsea se classificou em Barcelona. O título está em aberto, apesar do jogo ser em território alemão. Tivesse eu meus eurinhos, apostava no time azul.

Saudações!!!